Plantão de Notícias

Acusados de matar homem no Porto Real são condenados pelo Tribunal do Júri

Foto: Richard Silva/Araçatuba em Foco

Da redação Diego Alves

O Tribunal do Júri de Araçatuba, julgou nesta quarta-feira (27), os réus, Thiago Rodrigues Vilas Boas e Matheus Guilherme Fortin Santos, acusados de terem matado Márcio de Oliveira, que tinha 42 anos quando morreu, no bairro Porto Real, em Araçatuba. O crime aconteceu em 28 de outubro de 2021.

O julgamento terminou no início da noite desta quarta-feira (27). O réu Thiago Rodrigues, foi condenado a pena de 16 anos e 4 meses de reclusão em regime fechado, sem direito a apelar em liberdade.

Já Matheus Guilherme, recebeu pena mais leve. Ele foi condenado por homicídio qualificado por recurso que dificultou a defesa da vítima, mas privilegiado por violenta emoção. Os jurados acataram o privilégio sustentado pela defesa, com isso foi afastado a qualificadora do motivo torpe, por ser incompatível com a violenta emoção. Ele foi condenado a 08 anos de reclusão em regime inicial semiaberto, sem direito a apelar em liberdade.

O Ministério Público não vai recorrer das sentenças. O julgamento foi presidido pelo juiz Danilo Brait. A defesa de Thiago foi realizada pelo advogado Vagner Andrelini e de Matheus pelos advogados Flávio Batistela e Daniel Madeira.

CRIME

Segundo denúncia apresentada pelo Ministério Público, os réus teriam sido agredidos pela vítima anteriormente e, por este motivo teriam decidido matá-lo. 

Na manhã do crime, ambos se encontraram na casa de Thiago, na rua João Ferreira dos Santos, e avistaram a vítima na calçada da casa vizinha. Os acusados teriam passado por ele e entrado no quintal de uma casa abandonada pra não levantar suspeita.

Pouco tempo depois, os réus saíram do quintal e passaram a efetuar os disparos contra a vítima. Ainda de acordo com a denúncia, Thiago portava um revólver calibre 22 e Matheus um revólver calibre 38. 

A vítima foi atingida por 4 disparos e morreu no local. Já os dois acusados teriam fugido após os disparos. Eles foram presos em seguida e confessaram o crime durante depoimento em fase policial.

Compartilhem, deixe seu Like 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by