Plantão de Notícias

Artigo Reflexão: “Não somos zumbis”

Por: Adi Éber Pereira Borges

“Disselhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e todo o que vive e crê em mim não morrerá, eternamente. Crês isto?” João 11-25.26 .

“ Naquela tarde ensolarada e um calor infernal, após correr desesperadamente por cerca de cinco quarteirões, avisto aquele que seria um dos lugares supostamente seguro, o prédio da modesta Igreja daquele bairro. Atrás de mim, tentando me alcançar, vinham várias criaturas horrendas com aparências putrefatas, criaturas mortas vivas que queriam se alimentar de uma carne saudável. Por sorte, ao empurrar as portas do santuário elas se abriram e, meio que de um salto, me joguei para o interior e cerrei as portas por dentro. Corri até o salão social para me certificar se haveria mais alguém por lá; ninguém. Pelos vidros e frestas do portão era possível enxergar vultos das terríveis criaturas cercando o prédio. Mãos ressequidas envoltas por trapos eram enfiadas nas brechas do portão. Cansado e desesperado me tranco dentro do santuário e no sagrado altar adormeço ”.

Esse poderia ser um pedaço de um roteiro daqueles filmes de suspense, terror e ficção sobre zumbis. E por mais que se imagine, e por fruto da criatividade fértil da mente humana passemos algumas horas assistindo esse tipo de obra cinematográfica que nos mostram criaturas humanas semicadavéricas, fantasmagóricas, em putrefação, porém andando e tocando o terror, sabemos que isso é pura fantasia. Não fomos criados para sermos zumbis.

Jesus, ao se deparar com a morte de seu íntimo amigo comoveu se, solidarizouse com a família e chorou, mas antes confirmou a fé e afirmou a certeza de que a vida não se resume ao tempo terreno e ao invólucro carnal que nos serve de corpo e que se desgasta, envelhece e sem o sopro de vida se desfaz putrefato.

Disse Ele que quem opta por seguilo crendo ser Ele o doador da vida, ainda que no tempo presente morra, ganhará por pura bondade Dele a vida plena para a eternidade. Veja que nos é prometida vida plena e não uma vida “ meiaboca ” ou vida sem sentido e escravizada a perambular por aí na escuridão.

Para que se manifestasse a glória divina e para que as pessoas cressem que Jesus era o Cristo de Deus, Ele trouxe Lázaro de volta para a vida, não como zumbi, mas com toda a dignidade que a vida merece. E não só o trouxe de volta à vida, mas ainda assegurou que a ressurreição no último dia estava garantida por Ele.

É sobre isso que precisamos pensar nesse tempo quaresmal. Você não precisa viver nessa terra como se fosse zumbi, uma vida apodrecida e medíocre como se estivesse vivo morto. Deus tem uma linda e vigorante vida pra você. Crês nisso? Também a vida não se ressume a esse mundo hostil, Deus tem vida plena e eterna para nós ao lado Dele, pois ainda que morramos aqui viveremos eternamente lá. Crês nisso?

Rev. Adi Éber Pereira Borges †

Compartilhem, deixe seu Like 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by