Plantão de Notícias

Avanço da construção civil impulsiona novos empreendimentos e emprego em Araçatuba

Foto divulgação

Da redação Diego Alves

O setor da construção civil em Araçatuba está em alta. O crescimento do potencial de consumo, a instalação de novas empresas da cadeia produtiva do setor e o aumento do número de domicílios na cidade estão impulsionando a abertura de novos empreendimentos e a geração de empregos.

De acordo com dados fornecidos pela IPC Mapas, empresa especializada na análise do potencial de consumo dos municípios brasileiros, estima-se que os dispêndios de consumo na categoria de materiais de construção apresentem crescimento de 10% em Araçatuba em 2023, comparado ao ano de 2022. Isso significa que o mercado do segmento poderá alcançar um valor de R$ 313,6 milhões em 2023.

Além disso, levantamento realizado pelo Observatório Econômico da Prefeitura Municipal de Araçatuba revelou outro dado importante para o crescimento do segmento: a expansão de 40,5% no número de domicílios em Araçatuba no período de 2010 a 2022, totalizando 93.668 residências. A taxa de crescimento anual, que foi de 2,87%, consolida o município como um mercado atrativo para a instalação e expansão de empresas do setor. Com o aumento do número de residências, há uma demanda crescente nos ramos de comércio e serviços relacionados ao segmento construção civil.

A indústria da construção civil é uma força motriz significativa para a economia local. Ela é composta por uma ampla gama de empresas, desde lojas de materiais de construção e serralherias até fornecedores de tintas e carpintarias. Além disso, o setor também se beneficia de uma forte presença de profissionais especializados, incluindo pedreiros, carpinteiros, pintores, encanadores e azulejistas. As lojas de decoração contribuem com acabamentos e acessórios, finalizando a vasta cadeia produtiva do setor. Este ecossistema integrado suporta a construção desde a concepção até a conclusão, demonstrando o valor crucial da construção civil para o município.

Nesse contexto, a pesquisa evidenciou a instalação de 601 empreendimentos da cadeia produtiva do setor entre 2022 e o primeiro trimestre de 2023. Dentre as unidades produtivas inauguradas, 76,0% são categorizadas como Microempreendedores Individuais (MEIs). Essa estatística evidencia a força do mercado interno para pequenos empreendimentos, especialmente no setor de prestação de serviços.

As atividades que se destacaram em termos de novas instalações incluíram obras de alvenaria, com a inauguração de 180 empresas, e instalação e manutenção elétrica, com a adição de 143 unidades. Serviços de pintura em geral também mostraram um forte desempenho, com o surgimento de 68 novos negócios. Além disso, 28 unidades se dedicaram à instalação e manutenção de sistemas de ar condicionado, ventilação e refrigeração. A aplicação de revestimentos e de resinas em interiores e exteriores também cresceu com 21 estabelecimentos, enquanto que o ramo de obras de acabamento em gesso totalizou 19 unidades. Houve destaque também no comércio varejista de materiais de construção em geral com 18 empresas.

As novas empresas se instalaram em diversos bairros araçatubenses, entre os quais o Umuarama com 33 negócios; Alvorada com 25; Conjunto Habitacional Hilda Mandarino com 20; Residencial Atlântico com 17; Centro e Esplanada com 14 cada; Jussara; Planalto e São Rafael com 13 estabelecimentos, entre outros.

Como desdobramento do aquecimento do setor, constatou-se a geração de empregos em vários elos da cadeia produtiva da construção civil, que consolidou saldo positivo de 388 empregos entre 2022 e janeiro e maio de 2023, destacando-se a construção de edifícios com saldo de 199 postos de trabalho; montagem e instalação de equipamentos de iluminação com 41; pinturas com 34; serviços especializados em construção com 28 empregos; obras de acabamento de gesso com 20; obras de terraplanagem com 15, entre outros.

De acordo com o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Relações do trabalho de Araçatuba, Laerte Rocha, “a indústria da construção civil é um dos eixos de dinamismo econômico da economia local”. Sua amplitude é vasta, englobando lojas de materiais de construção, serralherias, fornecedores de tintas, carpintarias, além de um contingente de profissionais especializados. “Este ecossistema integrado suporta a construção desde a concepção até a conclusão, demonstrando o valor crucial da construção civil para o município”, complementa.

Compartilhem, deixe seu Like 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by