Plantão de Notícias

Criança de três anos morre após passar por dois atendimentos em pronto socorro de Araçatuba

Foto ilustrativa

Da redação Diego Alves

Uma menina de três anos de idade, moradora de Araçatuba, morreu nesta quarta-feira (17), depois de passar por atendimento médico, por dois dias seguidos, no PSM (Pronto Socorro Municipal) da cidade. O óbito ocorreu na Santa Casa, para onde a menor foi transferida já em estado grave.

Conforme informações obtidas pela reportagem, a menina foi levada pela mãe, na segunda-feira (15) ao PSM, com queixa de dor no joelho e trauma no pé esquerdo. Após ser avaliada e medicada, a menina foi liberada pela equipe médica.

No entanto, ontem (16), uma tia teria voltado com a menor ao PSM. A mulher informou durante atendimento que além das dores anteriores a sobrinha também estava se queixando de dor abdominal e relatou, conforme nota emitida pela direção do pronto-socorro, que ela havia caído de patins/patinete há três dias.

“Foi constatado sinais de alteração em exame físico, alteração de sinais vitais”, informou a nota. Segundo a nota, a criança foi atendida em sala de emergência e estabilizada pela equipe multiprofissional, regulada pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e transferida, sem intercorrência pela USA (Unidade de Suporte Avançado), à referência hospitalar. A direção do PSM de Araçatuba informou que o caso será avaliado pela comissão de revisão de prontuários da unidade de atendimento médico emergencial.

CONFIRMAÇÃO DE VAGA

A Santa Casa de Araçatuba confirmou por meio de nota a solicitação de vaga para internação da criança no hospital. Confira a nota na íntegra:

“Informamos que a paciente foi acolhida na Santa Casa de Araçatuba de imediato a solicitação da vaga pelo PSM. De acordo com a direção técnica médica do hospital, a paciente foi internada de imediato na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Neonatal e Pediátrica onde permaneceu sob cuidados intensivos. Infelizmente, apesar dos esforços da equipe médica, a paciente foi a óbito”, informou o hospital.

Segundo a Santa Casa de Araçatuba, a causa da morte consta na declaração de óbito, mas o documento é restrito a família. O hospital não pode divulgar em respeito às normas que regem a ética médico-hospitalar. O corpo da criança foi sepultado no final da tarde desta quarta-feira, em Araçatuba.

Compartilhem, deixe deixe seu 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by