Plantão de Notícias

Diretora da Colormaq visita Santa Casa de Araçatuba e adota reforma de dois apartamentos do SUS

Da redação Diego Alves

A empresária Priscila Belmonte, diretora da Colormaq adotou a reforma de dois apartamentos da Unidade de Internação 2 (UI-2-b), ala exclusiva para internação de pacientes do SUS, na Santa Casa de Araçatuba. A decisão foi tomada durante visita que ela realizou na tarde de terça-feira (4/4) a convite da diretoria da instituição.

Por quase duas horas, Priscila percorreu setores de atendimento de alta complexidade, como as UTIs geral adultos, as neonatais e a coronariana e admitiu ter ficado “impactada vendo a fragilidade dos recém-nascidos e das crianças em tratamento, dos pacientes da cardiologia e os serviços que são realizados nestas áreas pelos profissionais”.

Acompanhada do provedor Petrônio Pereira Lima e dos diretores, José Wagner Trivelatto, José Vitoriano de Andrade Filho e Antônio Carlos Mullon e o conselheiro Fábio Blaya, a empresária também visitou toda extensão da Unidade de Internação 2 localizada no segundo andar da torre principal que possui um total 48 leitos e vários postos de enfermagem.

Dividida em 28 leitos para internações clinicas e 20 leitos para as de pacientes cirúrgicos e clínicos do Serviço de Ortopedia e Traumatologia, a ala está sendo transformada em referência de modernidade, conforto e dignidade aos conveniados do Sistema Único de Saúde.

A empresária conheceu apartamentos já reformados e unidades que estão em obra e as que ainda dependem da melhoria. Conversou com pacientes e familiares e demonstrou imensa solidariedade aos idosos internados com problemas respiratórios.

Após visita aos setores, a empresária se reuniu com a diretoria e a arquiteta hospitalar Gislaine Bianchi que detalhou o projeto de reforma na UI 2-B. Após anunciar a adoção de dois apartamentos e apoio futuro à iniciativas que visem o bem estar, incluindo o espiritual, dos pacientes, Priscila Belmonte explicou que “juntos podemos fazer a diferença, a Santa Casa, o governo, a comunidade, esse é nosso papel. Estamos aqui agradecidos, foi uma honra estar aqui e com certeza faremos também a diferença. Que Deus abençoe com sabedoria e saúde todos vocês e todos que trabalham aqui”.

A empresária foi homenageada com um mimo e uma mensagem lida pelo provedor Petrônio Pereira Lima. Emocionado por “estarmos completando um ano de trabalho e recebermos uma visita que esperávamos há muito tempo”. Para o provedor “é gratificante ver alguém que tem tão pouco tempo dedicar esse pouco tempo para conhecer uma obra que é da região. É com atitudes como a sua que haveremos de vencer todos os obstáculos, muitos dos quais você teve oportunidade de ver de perto”. Veja mais detalhes no vídeo em anexo.

Reforma

Através de verbas federais, contrapartida do hospital e repasse realizado pelo UniSalesiano 100% da unidade de internação do Serviço de Ortopedia que funciona em uma das áreas da UI 2-B já estão reformadas e revitalizadas.

Na ala reservada aos pacientes clínicos, 7 dos 14 apartamentos foram igualmente reformados e quatro estão em obras. As revitalizações foram possíveis com apadrinhamentos feitos pelo empresário João Geraldi Júnior e sua esposa Salete que doaram recursos para reforma de 6 apartamentos, a Campanha de Combate ao Câncer de Araçatuba que reformou 4 apartamentos e a Justiça e Ministério Público do Trabalho que repassaram recursos para reforma de um apartamento.

Com a adoção feita pela empresária Priscila Belmonte, agora apenas um apartamento dependerá de recursos da comunidade para ser igualmente revitalizado.

Quando as obras dos apartamentos forem concluídas, os corredores e teto da ala serão revitalizados com piso e gesso especial, que darão um novo visual para uma das áreas da Santa Casa de Araçatuba com maior rotatividade de pacientes.

Custos

Há três anos quando o programa Obra Solidária foi lançado, o custo de reforma de cada apartamento era R$ 40 mil. Com os reajustes dos materiais utilizados, a maioria dos quais, específicos para obras hospitalares, como por exemplo as canalizações para gases, os pisos e revestimentos de banheiros e os quartos e as ferragens para as janelas, o valor atual é de R$ 80 mil para cada apartamento. Nesse valor também estão inclusos os armários, televisores e condicionadores de ar.
A mão-de-obra é absorvida pela Santa Casa de Araçatuba que possui equipe de engenharia, arquitetura, construções, hidráulica e elétrica, próprias.

Compartilhem, deixe seu Like

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by