Plantão de Notícias

É Nois; Senhor de 54 anos que cultivava maconha é detido pela PM, e jovem de 19 anos disse ser sócio da plantação.

Foto: Diego alves

Da redação Diego Alves

Um homem de 54 anos foi detido na tarde desta segunda-feira (01), após policiais militares avistar em um corredor, um senhor levando um vazo com uma muda de maconha, em seguida já na residência do senhor, foram localizados mais pés de maconha em tamanhos avançados, o mais hilário foi que neste momento outro indivíduo que tem 19 anos chegou até a equipe e disse “O tiozinho não vai rodar sozinho não, é minha também parte da plantação”. Veja o vídeo no final da matéria.

Segundo informações da polícia militar, os policiais Cabo Aiglo e Soldado Barbeiro, realizavam patrulhamento pela rua David Hunovitch, Bairro Santana, em Birigui (SP), quando a equipe visualizaram em um corredor de uma residência um indivíduo saindo com um vaso em mãos, aonde de longe a equipe já constataram ser um pé de maconha.

Diante da suspeita, foi realizado a abordagem, sendo o senhor identificado pelas iniciais L.H.C, de 54 anos, indagado sobre o vazo com o entorpecente, ele confessou a equipe que havia adquirido algumas sementes de maconha e plantado para uso próprio. Ele informou ainda para a equipe, que nos fundos de sua residência havia mais alguns pés plantados na terra.

Com apoio dos PMs Subtenente André e Cabo Genilson, e a devida autorização do morador, a equipe adentrou ao imóvel que fica nos fundos, e foram localizados mais 09 pés de maconha.

É nois!!

Segundo a equipe, durante a espera pela perícia compareceu no local dos fatos, outro indivíduo, identificado posteriormente pelas iniciais F.P.C, de 19 anos, alegando que seria sócio de L.H.C, na plantação da Maconha, companheiro, ele alegou dizendo ao militares, “o tiozinho não vai rodar sozinho não, é minha também parte da plantação”.

Ouvidos e liberados

Diante dos Fatos foi dado voz de prisão a ambos pelo crime de tráfico de Drogas, sendo conduzidos ao 1 Distrito Policial, onde o delegado responsável elaborou boletim de ocorrência e após oitivas, ambos foram liberados. Um inquérito será instaurado para melhor apuração dos fatos. A autoridade policial determinou o encaminhamento das plantas ao Instituto de Criminalística para a realização do exame de constatação de substância entorpecente, ficando o presente registro aguardando laudos.

Vídeo

Compartilhem, deixe seu Like

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by