Plantão de Notícias

Homem acusado de dupla tentativa de homicídio é condenado a mais de 8 anos em Araçatuba

Imagem ilustrativa

Da redação Diego Alves

O réu Mário José Mota, 43 anos, foi condenado nesta quarta-feira (09), pelo Tribunal do Júri de Araçatuba, a 08 anos e 02 meses de reclusão, por duas tentativas de homicídio, que aconteceu na noite de 05 de junho de 2020, ao lado do estacionamento do Supermercado Muffato, em Araçatuba.

Ele foi condenado por uma tentativa de homicídio qualificado, por asfixia, contra a então companheira dele, uma mulher de 42 anos. Os jurados acataram a tese da defesa e, excluíram a qualificadora de motivo fútil. O homem também foi condenado pela tentativa de homicídio simples, contra um açougueiro de 24 anos, que tentou defender a primeira vítima.

A pena total foi de 08 anos e 02 meses de reclusão, em regime inicial fechado, sem direito à apelar em liberdade. O promotor de justiça Adelmo Pinho disse que não vai recorrer. O juiz Henrique de Castilho Jacinto presidiu o julgamento. A defesa foi realizada pelo advogado José Roberto Sanches.

DENÚNCIA

Consta na denúncia do Ministério Público, que por volta das 21:50 do dia 05 de junho de 2020, o réu tentou matar enforcada a companheira dele, uma mulher de 42 anos. O motivo do crime seria pelo fato da mulher ter negado lhe dar dinheiro para comprar entorpecentes. O crime só não se consumou pelo fato de três pessoas que saíam do supermercado terem intervido.

Uma destas pessoas, um açougueiro de 24 anos, se aproximou do casal e, perguntou o que estava acontecendo. Diante da intervenção, o acusado pegou um facão que estava em um carrinho de mão e, investiu contra o açougueiro, acertando um golpe de raspão no seu abdômen. A vítima ainda tentou correr, mas devido a um problema na perna, acabou caindo no chão.

Quando o réu se preparava para aplicar um golpe de facão no pescoço da vítima, uma equipe da Polícia Militar chegou e ordenou que ele largasse o facão, porém ele se recusou. Ao perceber que o acusado iria golpear a vítima, um dos PMs efetuou dois disparos contra o acusado, um deles atingiu seu abdômen. Mesmo ferido ele ainda tentou pegar o facão, mas foi impedido pelos militares.

O acusado foi socorrido até a Santa Casa de Araçatuba, onde permaneceu sob escolta policial até se recuperar. Após o tratamento médico ele foi encaminhado ao sistema prisional, onde aguardava o julgamento.

Compartilhem, deixe seu Like 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by