Plantão de Notícias

Homem de 33 anos é preso após agredir companheira e ameaçar os policiais, em Birigui

Foto arquivo/Diego Alves

Da redação Diego Alves

Um homem de 33 anos, morador de Birigui (SP), foi preso no início da manhã deste último Domingo (09), acusado de violência doméstica, lesão Corporal e Ameaça contra policiais militares. O flagrante aconteceu no Bairro Art Ville, aonde os militares foram até o local e se depararam com a companheira do acusado com várias lesões no rosto. O acusado ainda proferiu ameaças contra os militares no momento da prisão.

Segundo informações da polícia militar, realizavam patrulhamento no inicio da manhã de domingo (09), quando foram acionados via copom para atender ocorrência de violência doméstica na Rua João Factur, no bairro Art Ville, em Birigui (SP).

Pelo local, os militares foram recebidos pela genitora da vítima, a qual informou, que seu genro, de nome J.S.C de 33 anos, estava bastante agressivo, e que havia agredido fisicamente sua companheira de 24 anos, com socos e tapas, atingindo seu rosto, causando hematomas no rosto do lado esquerdo, e abaixo dos olhos. Diante da situação a vítima foi socorrida por outra viatura policial que dava apoio à equipe.

Desacato e ameaça

Ainda pelo local, os policiais encontraram o acusado deitado num colchão do chão da sala, e ao ser questionado, ficou negando as agressões, e tentando amenizar a situação, dizendo apenas se tratar de uma “discussão de casal”. Durante a abordagem dos policiais, o acusado dizia “ser do crime”, que “matava”, em tom ameaçador dirigido aos policiais, e ainda dizia: “é melhor me matar agora, porque depois eu vou cobrar”.

Algemado

Diante disso, foi necessário o uso de força moderada, com uso de algemas, devido à resistência do acusado e risco de fuga. Após contido, foi dado voz de prisão ao acusado, e o mesmo foi conduzido ao Plantão Policial.

Preventiva

O delegado responsável, Dr° Rodrigo José Goes Ribeiro, ao tomar conhecimento dos fatos e após oitivas da vítima e testemunhas, elaborou boletim de ocorrência pelos crimes de lesão corporal, praticada no âmbito da Lei Maria da Penha, nos termos do art. 129, parágrafo 13 e de Ameaça, Art. 147 do Código Penal, praticada verbalmente contra os policiais militares que atenderam a ocorrência. Diante da situação o delegado ainda reverteu a prisão em flagrante por preventiva, permanecendo o acusado preso a disposição da justiça. A vítima solicitou a medida protetiva contra o acusado.

Compartilhem, deixe seu Like 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by