Plantão de Notícias

HOMEM DE 36 É PRESO POR TRÁFICO DE DROGAS PELA FORÇA TÁTICA NO PORTAL DA PÉROLA 2 EM BIRIGUI-SP.

Foto Divulgação

Da Redação Diego Alves

Um pintor de 36 anos foi preso na tarde de ontem (12), pela equipe da Força Tática por tráfico de drogas  no bairro portal da pérola ll, o flagrante aconteceu em sua residência pela rua José versegnasi, aonde a equipe avistaram o pintor e um outro indivíduo de 40 anos, em atitude suspeita, sendo abordados e localizado posteriormente as drogas em seu imóvel.

Segundo consta em boletim de ocorrência durante patrulhamento da equipe de Força Tática, pelo bairro Portal da Pérola II, se aproximaram do imóvel da Rua José Versegnasi e, avistaram um indivíduo do lado de fora do portão em uma bicicleta, posteriormente identificado como R.A.M.R, o qual havia entregado alguma quantia em dinheiro para o morador F.A.F que também estava do lado de fora da casa, na calçada, sendo que o portão estava aberto.

Apoio comercial: Calçados Beira Rio Birigui-Sp

Os dois foram separados e, questionado, R.A.M.R afirmou que havia entregado R$ 30,00 (trinta reais) para F.A.F com o intuito de comprar três pedras de crack. F.A.F, por sua vez, alegou que era usuário de crack e que indicaria aos policiais onde guardava suas porções. F.A.F levou os policiais até uma máquina de lavar roupas, sendo que em seu interior havia uma bermuda e no bolso foram encontradas 10 porções idênticas de crack embaladas em plástico verde. Sendo autorizada por ele que fosse realizada busca no imóvel.

Droga

No carro que estava parado na garagem foi encontrada a quantia de R$ 80,00 (oitenta reais) e no forro dos fundos, os policiais encontraram uma sacola plástica onde estavam oito porções maiores de crack de igual tamanho entre si embaladas em plástico preto. Quando estas porções foram encontradas, F.A.F admitiu aos policiais que praticaria o tráfico de drogas, tendo afirmado que pagou R$ 800,00 reais pelas porções maiores e que venderia cada uma por R$ 200,00 reais e cada porção menor por R$ 10,00 reais, porém, se acabassem as pequenas, ele fracionaria uma das maiores em porções menores para a venda.

Com o intuito de identificar se havia mais droga na casa, foi solicitado o apoio dos policiais e cães do canil da PM em Araçatuba, os quais diligenciaram pelo imóvel, porém, não localizaram novas porções de droga além daquelas já encontradas. Ante os fatos, foi dada a voz de prisão em flagrante delito para F.A.F e ele foi conduzido ao plantão policial.

Negaram

Já no plantão policial, os policiais presenciaram R.A.M.R alterar sua versão dos fatos, negando que usasse crack ou que tivesse ido ao local para comprar drogas, tendo então afirmado que foi ao local para “comprar um guaraná”. Ainda, por sua vez, afirmou “fazer uso apenas de maconha e já foi usuário de crack anteriormente, porém, está há oito anos sem fazer uso dessa droga. Estaria passando de bicicleta pelo bairro Portal da Pérola, quando avistou um velho conhecido seu, F.A.F, a quem conhece de vulgo “NEGÃO” e que era seu amigo desde os anos 1990, quando moravam juntos na Vila Bandeirantes.

Então E.A.M.R disse que comentou com o amigo que ia até um local próximo para buscar algumas porções de maconha e “NEGÃO” comentou que queria sair para buscar um guaraná, tendo o E.A.M.R se oferecido para ir buscar o refrigerante para o amigo. Disse que no momento em que ele ia entregar o dinheiro para o amigo, os policiais militares da Força Tática abordaram os dois. Em revista pessoal nada de ilícito foi localizado com o ele, o qual ficou do lado de fora da casa e não sabe dizer se foi localizada alguma porção com “NEGÃO”. E novamente negou ter ido ao local para comprar drogas.

O acusado F.A.F. de vulgo “NEGÃO” negou ser traficante ou fazer uso de drogas atualmente. Disse que estava fazendo “bico” de servente de pedreiro, relatando que havia acabado de chegar em sua casa de seu serviço e levou o filho de 5 anos na escola. Estava voltando para almoçar quando viu um antigo amigo seu, R.A.M.R, passar em frente da casa de bicicleta. Comentou com ele que estava pensando em ir até um mercadinho na Avenida Affi José Abdo para comprar um refrigerante e ele se ofereceu para ir. Neste momento então, entregou a quantia de R$ 20,00 reais para o amigo e neste momento, chegaram ao local os policiais militares da Força Tática e já abordaram os dois.

Calçados Beira Rio Birigui-Sp

Disse que os policiais revistaram os dois e não acharam nada de ilícito, porém, um dos policiais já foi entrando em sua casa, mesmo sem ser autorizado e sem exibir mandado de busca e apreensão. Eles passaram a revistar o carro e o interior de sua casa. Os policiais fizeram sua esposa sair de dentro da casa e ficaram olhando tudo lá sozinhos.

Segundo ele de um certo tempo, um dos policiais veio com uma sacola que ele afirmou ser de drogas e que teria encontrado no telhado. Disse que eles não deixaram o sequer ver o que havia na sacola ainda em sua casa, só foi saber que seriam porções de crack já na delegacia. O indivíduo nega que tivesse qualquer porção de droga em sua casa e nega que as porções exibidas pelos policiais militares tenham sido localizadas em sua residência.

Preso

Diante dos fatos e materialidade do flagrante o delegado responsável ratificou a prisão de F.A.F por tráfico de drogas, permanecendo preso a disposição da justiça, o outro indivíduo foi ouvido e liberado.

Calçados Beira Rio Birigui-Sp
1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by