Plantão de Notícias

Investigação: Polícia Civil prende casal por tráfico de drogas no Simões, em Birigui

Imagem divulgação

Da redação Diego Alves

Um casal foi preso no início da manhã desta terça-feira (10), no bairro Simões, acusados de tráfico de drogas, após êxito aos trabalhos de investigação de uma equipe da Polícia Civil de Birigui, de posse de um mandado, o casal foi surpreendido com diversos pinos contendo cocaína, dois celulares foram apreendidos para perícia.

Segundo informações apuradas pela nossa reportagem, na manhã desta sexta-feira (10), durante os trabalhos de operação policial, o delegado Dr. Eduardo de Paula e policiais civis da Del.Pol. Birigui (SP), deram cumprimento a mandado de busca e apreensão na residência do casal L.A.S.S, de 19 anos e T.F.C de 22 anos.

Drogas

Segundo os trabalhos de investigação, existem denúncias que ambos praticavam o tráfico de drogas. Pelo local foram encontrados 19 pinos cheios de cocaína, todos da mesma cor e quantidade igual de droga, bem como 37 pinos vazios. Ainda durante as buscas, dois celulares dos investigados também foram apreendidos, para serem submetidos à perícia, já autorizada por ordem judicial.

Delegacia

Questionados sobre a droga, ambos alegaram serem apenas usuários, porém, considerando as investigações prévias pela equipe policial e a materialidade encontrada, ambos receberam voz de prisão e foram encaminhados ao distrito policial judiciário central de Birigui.

Negou

Já no distrito policial, a jovem T.F.C de 22 anos, foi ouvida pelo delegado na presença de seu advogado, onde afirmou que, estava dormindo em sua residência quando foi surpreendida com a entrada de policiais civis de posse de um mandado de busca e apreensão expedido em seu desfavor do casal, diante de denúncia de tráfico de drogas. Ainda segundo a jovem, negou praticar o tráfico de drogas e alegou ser usuária das drogas cocaína e maconha. Disse ainda, que atualmente, tem como fontes de renda um auxílio do governo no valor de R$ 750,00 (setecentos e cinquenta reais), e a pensão de seu filho no valor de R$ 390,00 (trezentos e noventa reais) e que consegue aproximadamente R$ 900,00 (novecentos reais) por mês com o trabalho como manicure e aplicação de adesivos em unhas.

Usuária

Referente ao celular que ficou apreendido, a jovem disse que em seu aparelho celular pode conter conversas relacionadas ao seu trabalho como manicure. Com relação à droga encontrada, afirma ter o hábito de comprar de 20 a 25 pinos de cada vez e ir utilizando durante uma semana. Segundo ela, na quinta-feira (09), comprou 25 pinos e já havia consumido alguns deles. Com relação aos pinos vazios encontrados, afirma que costuma guardá-los para trocar por pinos cheios depois. Com relação ao jovem identificado pelas iniciais L.A.S.S de 19 anos, disse ao delegado ser apenas um amigo que sempre frequenta a sua casa e que como ficou até tarde da noite, ele decidiu passar a noite ali, porém, negou manter qualquer espécie de relacionamento amoroso com ele.”

Apenas amigos

Já o jovem L.A.S.S de 19 anos, por sua vez, também foi ouvido na presença do mesmo advogado e disse que, “era apenas amigo da acusada e na quinta-feira (09), foi até a casa dela e como ficou até tarde, decidiu passar a noite por lá. Ainda na presença de seu advogado, negou ter levado qualquer droga na casa e desconhecia que a jovem tivesse drogas naquele local. Durante o cumprimento do mandado de busca, os policiais acharam pinos de cocaína sobre a geladeira, os quais segundo ele, seriam dela, dona da casa. Ao delegado ele ainda disse que atualmente, trabalha como servente de pedreiro e recebe a quantia semanal de R$ 350,00 (trezentos e cinquenta reais).”

Presos

Após oitivas, o delegado responsável pela investigação, diante da materialidade e prévio trabalho de investigação, encaminhou a droga para o IC (Instituto de Criminalística), que resultou o resultado em positivo para cocaína, sendo assim ambos permaneceram presos a disposição da justiça acusados de tráfico de drogas.

Compartilhem, deixe seu Like

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by