Plantão de Notícias

Júnior Geradi e sua esposa Salete reformam mais quatro apartamentos da Santa Casa de Araçatuba

Da redação Diego Alves

A Unidade de Internação 2-B (UI-2B), ala exclusiva para pacientes do SUS, ganhou mais quatro quartos reformados e adaptados às normas de acessibilidade. O corredor de acesso aos quartos e a sala de estudos do Internato Médico também foram revitalizados. As melhorias foram financiadas pelo empresário João Geralde Júnior e sua esposa Salete Farani Geralde.

Em janeiro deste ano, o casal adotou reformas dos apartamentos 207, 209, 211 e 215, orçadas em R$ 240 mil incluindo custos de mão-de-obra. No entanto, a equipe de obras do hospital assumiu as reformas e com a economia de R$ 42 foi possível revitalizar a área de circulação da unidade, que recebeu manta vinílico hospitalar no piso e forro de geso com película de PVC no teto. O piso da Sala de Estudos do Internato Médico também foi padronizado com o material do piso.

Os quatro apartamentos reformados com os recursos doados por João e Salete Geralde ganharam novos sistemas de elétrica, hidráulica, terminais para gases e para climatização, revestimentos de pisos e paredes, janelas com esquadrias de alumínio, banheiros totalmente revitalizados e adaptados às normas de acessibilidade, condicionadores de ar, televisores e armários planejados.

“Um ambiente terapêutico adequado auxilia no bem-estar do paciente, que sente mais confortável e melhor cuidado. Isso contribui para evolução positiva mais rápida em relação a um ambiente sem essas melhorias”, define a arquiteta hospitalar Gislaine Bianchi, do Departamento de Arquitetura, Engenharia e Obras da Santa Casa de Araçatuba.

O novo conceito de conforto aos pacientes e adequação às normas de acessibilidade hospitalar que a Santa Casa de Araçatuba passou a oferecer aos pacientes do SUS foi iniciado e financiado em grande parte, pelo empresário João Geralde Júnior. Ele, que sempre beneficiou o hospital com doações em dinheiro, decidiu a partir em 2019, financiar reformas de apartamentos da UI-2B.

Em abril daquele ano, Geralde aderiu à campanha Reforma Solidária lançada pela Santa Casa. Patrocinou as reformas dos apartamentos 202 e 204 que receberam placas em homenagem ao seu pai, Nenê Geralde (João Geralde) e sua mãe Marina Cruz Geralde. “São a minha essência. Se hoje estou nessa condição confortável, devo a Deus e aos meus pais”, explicou o empresário, na época. A colocação de placas de financiadores e/ou pessoas que esses pretendem homenagear, é prevista no regulamento da campanha.

Em janeiro deste ano, João Geralde Júnior e sua esposa Salete Farani Geraldi, decidiram adotar mais quatro apartamentos na mesma unidade de internação. As obras foram concluídas no início de agosto e os apartamentos receberam placas com os nomes do casal e de Wilson Farani e Yolanda Farani, pais de Salete. Com a reforma e revitalização dos seis apartamentos, o casal investiu R$ 320 mil.

“Graças ao desprendimento do João Geraldi Júnior e sua esposa Salete, que iniciaram e posteriormente adotaram mais apartamentos, o projeto da reforma dos apartamentos do segundo andar e, a Santa Casa de Araçatuba conseguiu atrair mais pessoas e empresas e estamos concluindo a revitalização de toda ala do segundo andar que agora oferece mais conforto aos pacientes do SUS”, afirma o provedor da Santa Casa de Araçatuba.

Além dos seis apartamentos reformados pelo casal Geralde, outras duas unidades da UI-2B foram reformadas com recursos doados pela Campanha de Combate ao Câncer de Araçatuba e um, com verba repassada pelo Ministério Público e Justiça do Trabalho, cujo valor possibilitou também a reforma do Posto de Enfermagem da ala.

Força

Ao todo, o segundo andar, que abriga as Unidades de Internação 2B, 2C e 2D possui 21 apartamentos, totalizando 56 leitos. Deste total 18 foram reformados e três estão em obras. Os apartamentos, a área de circulação e o Posto de Enfermagem da UI 2D, ala de internação de pacientes da especialidade de Ortopedia e Traumatologia foram reformados e equipados com recursos de emenda parlamentar e do UniSalesiano através do Programa Mais Médicos. As obras dos demais foram financiadas com recursos doados por empresários, instituições e empresas.

“Esta ala de internações da Santa Casa de Araçatuba, agora totalmente revitalizada, é um bom exemplo da importância do envolvimento da comunidade com um hospital público. O resultado possibilita que instituições com dificuldades financeiras como a Santa Casa de Araçatuba, oferecer atendimento adequado aos pacientes do SUS”, afirmou o provedor.

Compartilhem, deixe seu Like 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by