Plantão de Notícias

PMs que resgataram mulher mantida em cárcere privado em José Bonifácio são homenageados

Foto divulgação

Da redação Diego Alves

Policiais militares que atenderam a ocorrência da mulher de 23 anos mantida em cárcere privado pelo marido em José Bonifácio foram homenageados nesta quarta-feira, (20). A homenagem foi feita pelo Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Coronel PM Ronaldo Miguel Vieira durante evento. O caso aconteceu no último dia (12). O homem foi preso.

O 1º Ten PM Matheus Henrique Prieto Maestra, Cb PM Dionatam Richeli de Araújo Pelacani, Cb PM Alexandro Batista de Amorim e Sd PM Marcos Roberto Sitton são os policiais militares que atenderam a ocorrência. Também prestigiaram esse evento, o Tenente Coronel PM Marcelo da Silva Lessa, Comandante do 52º BPM/I e o Cap PM Leandro Mendes da Silva, Comandante da 2ª Companhia, sediada em José Bonifácio.

No último dia 12, mantida em cárcere privado com as duas filhas, a mulher conseguiu pedir ajuda a uma vizinha através de um bilhete, que foi amarrado em um calço de porta de madeira. No papel estava escrito “Oi sou sua vizinha tô presa dentro de casa com 2 crianças pode chamar a polícia para mim tô correndo risco de morte”. Atrás da folha ainda estava escrito “SOS”.

A Polícia Militar foi acionada. Quando chegaram ao local, os policiais conseguiram conversar com a mulher que estava sendo mantida em cárcere em sua casa. Conforme a vítima, o marido, de 64 anos, trancou ela e as duas filhas na casa. Elas estavam há quatro dias no local e o homem no trabalho.

A mulher informou aos policiais a localização do marido. No endereço, os policiais encontraram o suspeito. Em depoimento, ele afirmou que estava mantendo a mulher em cárcere privado, porque ela teria recebido uma mensagem de um homem pelo Facebook e ele viu.

O suspeito foi preso em flagrante. Os policiais pegaram as chaves da residência da família e retiraram as vítimas do local. Elas foram conduzidas à delegacia junto a um conselheiro tutelar.

O homem foi preso e encaminhado à Divisão Especializada em Investigações Criminais (Deic).

Fonte: Diário da Região

Compartilhem, deixe seu Like

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by