Plantão de Notícias

POLÍCIA INVESTIGA MORTE DE MENINA DE 1 ANO COM HISTÓRICO DE MAUS-TRATOS

Polícia Civil de Penápolis (SP) vai instaurar inquérito para apurar as causas da morte de uma menina de 1 ano e 3 meses, que deu entrada no pronto-socorro municipal nesta segunda-feira (14), já sem vida.Segundo o que foi apurado pelo Hojemais Araçatuba , a médica que atendeu a paciente relatou que a criança estava morta havia pelo menos seis horas quando deu entrada na unidade. Ela apresentava marcas roxas no corpo e sinais de violência sexual.A vítima é filha de uma jovem de 21 anos, que esteve no pronto-socorro acompanhada do padrasto da menina, um homem de 26 anos. A Polícia Militar foi comunicada do caso por volta das 13h30, após ser informada do encontro de um cadáver infantil.LesõesA médica que fez o atendimento relatou aos policiais que apesar de ter acabado de dar entrada na unidade, levada pelo resgate do Corpo de Bombeiros, a criança apresentava rigidez cadavérica.Além disso, foram constatadas diversas marcas roxas no corpo da menina, algumas recentes e outras mais antigas, além de ferimentos no ânus, aparentando violência sexual.VersãoOs policiais militares que atenderam a ocorrência comunicaram o ocorrido ao Conselho Tutelar e foram informados que havia diversas denúncias de maus-tratos envolvendo a vítima.Eles conversaram com a mãe e com o padrasto da vítima, que alegaram que a colocaram para dormir por volta das 22h, após darem mamadeira a ela. Ainda segundo o casal, hoje, por volta das 11h30, quando a mãe foi acordar a filha, observou que ela estava morta e chamou o resgate.A Polícia Civil foi comunicada do caso, um delegado esteve no pronto-socorro e conversou com a médica. Ele determinou que o boletim de ocorrência fosse registrado como morte suspeita e um inquérito será instaurado.

Fonte: (Hojemais Araçatuba)Da Redação / Diego AlvesBirigui notícias da hora

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by