Plantão de Notícias

Calheiro baleado na madrugada do primeiro dia do ano segue internado em Birigui

Foto reprodução do momento do Crime.

Da redação Diego Alves

A vítima que tem as iniciais J.S.C, um empresário do ramo de calhas, foi baleado na madrugada do domingo (01), a suspeita é que o acusado dos disparos, que ainda não foi identificado, iria roubar o Bar do tio da vítima pela rua 21 de Abril, na Vila Xavier em Birigui (SP). Pelo menos dois indivíduos participaram do crime, que foi registrado por imagens de monitoramento de residências próximo ao local dos disparos.

Segundo o que foi relado a polícia pela esposa da vítima, por volta das 02h40min, deste último domingo (01), estava juntamente com seu marido J.S.C, e seus dois filhos um jovem de 14 e uma menina 09 nove anos de idade, na rua 21 de Abril, no bairro Vila Xavier, em um bar de propriedade do tio de seu marido, após passar a virada de ano novo na casa de uns amigos.

Segundo a esposa da vítima passaram no local para desejar um feliz ano novo para o tio, que possui um bar no local, e que é vizinho da casa dos avós da vítima. A esposa disse que nem chegaram a entrar dentro do bar, só ficaram na calçada. Neste momento, chegou no local um casal de moto e o tio da vítima entrou no estabelecimento para atender este casal, e a esposa e sua família ficaram do lado de fora esperando para poder dar tchau para o tio da vítima, porque já estava tarde. Ainda segundo a esposa, ficaram aguardando do lado de fora do bar, a filha ficou dentro do carro da família que estava estacionado em frente ao bar, o filho ficou sentado em um banquinho em frente à casa dos avós, e a esposa e seu marido ficaram perto da porta do bar conversando na calçada.

Ainda segundo a esposa, enquanto estava conversando com seu marido passou por ela um indivíduo que aparentava estar muito agitado e trombou em seu marido, neste momento o indivíduo, sem falar nenhuma palavra, sacou uma arma de fogo, segundo ela, aparentemente um revólver, que estava na lateral de sua cintura. A vítima quando visualizou a arma de fogo já agarrou o braço do indivíduo para tentar segurá-lo, deixando a arma apontada para cima, enquanto entrava em luta corporal com o indivíduo, andando de costas. Em luta corporal, a vítima e o indivíduo caíram no chão e foi neste momento que o indivíduo efetuou o primeiro disparo, que a esposa disse, que acredita que tenha acertado o peito do seu marido. Ainda em luta corporal, a vítima agarrou de novo o braço do indivíduo e o apontou para cima, e o indivíduo continuou efetuando disparos.

Disparos

Durante a luta corporal e os disparos, o filho da vítima foi tentar ajudar o pai, pois ele não tinha percebido que o indivíduo estava armado. A a mãe tentado evitar que algo pior viesse a acontecer, arrastou o seu filho e pediu para sua filha que estava dentro do carro se abaixar. Quando a esposa voltou a visão para o seu marido e para o indivíduo viu que os dois já estavam em pé, e que o indivíduo tinha dado a volta por de trás do carro da família, e seu marido tentou entrar dentro na casa dos avós para se proteger dos disparos, neste momento, o indivíduo passou atirando e a esposa acredita que foi neste momento que o indivíduo acertou um tiro nas costas de seu marido que transfixou, perfurando os pulmões e acertando a boca da vítima, acredita também que foi neste momento que seu filho tenha sido baleado de raspão na perna e no pé.

Um vizinho do local, juntamente com a esposa da vítima, socorreram seu marido com o próprio carro até o Pronto Socorro Municipal. Após a Unidade do Resgate do Corpo de Bombeiros foi até o local e socorreu o filho, e a Polícia Militar foi acionada. A esposa disse aos policiais que acredita que ao todo foram três disparos que atingiram o seu marido. Após efetuar estes disparos o indivíduo fugiu do local correndo. Ainda segundo a esposa, disse que o indivíduo que efetuou os disparos, estava muito transtornado e aparentava ter usado drogas, e acredita que a intenção dele era ter roubado o bar, mas como trombou em seu marido, acabou se assustando e sacando a arma e efetuando os disparos.

Comparsa

A esposa da vítima, disse que o indivíduo não estava sozinho, e que havia outra pessoa com ele, mas está pessoa não efetuou disparos, somente correu do local quando o outro indivíduo começou a disparar. Segundo a esposa, seu filho lhe contou depois do ocorrido, que viu quando os indivíduos estavam chegando no local, segundo ele, os indivíduos subiam correndo a rua 21 de Abril do outro lado da calçada, e quando se aproximaram do bar, atravessaram a rua em direção ao bar, foi quando o indivíduo trombou em seu marido.

Estado de saúde da vítima

A esposa informou que seu marido está internado e entubado na UTI da Santa casa de Birigui devido a gravidade dos disparos. Disse, ainda, que em frente ao local existem câmeras de monitoramento que filmaram toda a ação criminosa. Segundo ela o indivíduo que efetuou os disparos era da cor parda, possuía mais ou menos 1,78, e estava sem camisa, sobre o outro indivíduo a esposa não se recorda de nenhuma característica física. Por fim, a esposa disse que seu marido não tinha nenhum desafeto ou problema com nenhuma pessoa.

Investigação

O caso foi registrado como tentativa de homicídio, e será instaurado um inquérito policial para melhor apuração dos fatos. A vítima, que e um empresario do ramo de calhas, segue internado. Até o término desta matéria não há informações sobre a identificação os autores do crime. Nossa reportagem do Birigui Notícias da Hora teve acesso às imagens da ação criminosa, porém para não atrapalhar as investigações não iremos divulgar neste momento.

Compartilhem, deixe seu Like 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by