Plantão de Notícias

Culturas indígena e afro-brasileira foram temas de capacitação para a educação de Birigui

Foto divulgação

Da redação Diego Alves

Profissionais da educação infantil da Secretaria Municipal de Educação de Birigui participaram da oficina “Eu brinco, então eu sou: o encantamento como fundamento da vida”, desenvolvida em parceria com Sesc.

A capacitação ocorreu nos dias 19, 25, 26 e 27 de outubro, com a formadora Vivian Parreira. A profissional é fundadora e coordenadora do grupo Girafulô, integrante do grupo de samba de coco Chinela Baixa.

O objetivo da ação foi partilhar, em roda, experiências e vivências fundamentadas em brincadeiras que ensinam para a vida.

Doutora em educação pela Ufscar (Universidade Federal de São Carlos), Vívian também realiza trabalhos em educação tendo como fundamento as brincadeiras, danças e tambores.

“Esta vivência foi para brincarmos, cantarmos e dançarmos nossas histórias, experimentando um mundo no qual recebemos presenças, construímos afetos a partir das vivências”, comentou a formadora.

A vivência apresentou, também, leituras e reflexões acerca das Leis 10.639/03 e 11.645/08, que preveem a obrigatoriedade do ensino das histórias e culturas afro-brasileiras e indígenas em todos os espaços de ensino do país.

“Foi um momento encantador e de muito aprendizado”, ressaltou a secretária de Educação, Iládia Cristina Marin Amadio.

Fotos

Compartilhem, deixe seu Like 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by