Plantão de Notícias

Homem agride companheira grávida e acaba preso pela PM, em Birigui

Imagem ilustrativa

Da redação Diego Alves

Um homem de 33 anos, morador de Birigui (SP), foi preso nesta terça-feira (29), após agredir sua companheira com um cabo de vassoura. A vítima que tem 22 anos, está grávida, ela disse ainda, que o acusado a todo momento lhe ameaça de morte.

Segundo o que foi apurado, policiais militares foram acionados via copom nesta terça-feira (29), onde foram informados que uma mulher havia sofrido agressões do seu companheiro e que ainda estaria grávida.

No local, pela rua Vitor San Miguel, no bairro Costa Rica, os militares se depararam com a vítima de 22 anos, a qual relatou que teria descoberto sua gravidez há pouco tempo e que não sabe informar de quanto tempo é a sua gestação. Segundo os militares, a vítima estava fora da residência do casal e o seu companheiro, estava trancado dentro da residência, alterado e gritando que “fazia de tudo para esta desgraçada e dizendo várias vezes que iria matar a vítima”.

Ainda com o que foi apurado, a vítima apresentava varias lesões, tal como vermelhidões nos braços, pernas e mãos e disse que o companheiro a agrediu depois de uma discussão, pois segundo ela, o acusado queria bater no filho de 2 (dois) anos de idade. Como ela não permitiu, e ele começou a bater nela com cabo de vassoura, e ela acionou a polícia.

Em contato com o acusado, a equipe solicitou apoio de outras viaturas e começaram a negociação para que ele deixasse a residência. Depois de algum tempo, o acusado se acalmou e deixou a residência, vindo de encontro aos policiais. Foi feita busca pessoal e nada ilícito foi encontrado, porém em seu bolso direito foi encontrada a quantia de R$ 110,00 (cem e dez reais), aonde foi solicitado por ele para que fosse entregue à vítima, e assim foi feito. Indagado sobre os fatos, homem de 33 anos, disse que acordou revoltado com uma situação de humilhação que passou por causa da vítima e proferiu xingamentos e empurrões contra a vítima, mas não a agrediu com cabo de vassoura, como ela havia relatado para a equipe.

Nervoso

Foi dado voz de prisão ao acusado, e as partes foram conduzidas em viaturas separadas ate a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher). Não foi necessário utilizar algemas no acusado para conduzi-lo, porém ao tomar ciência que seria feito o presente flagrante, o indivíduo demonstrou uma certa alteração (nervosismo) em seu comportamento e por receio de fuga e para garantir a integridade física dele, foi necessário o uso das algemas.

Preso

A vitima, em suas declarações, confirmou ter sido ameaçada de morte e agredido fisicamente pelo companheiro, aonde o delegado ratificou a prisão do acusado, permanecendo preso a disposição da justiça.

Compartilhem, deixe seu Like 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by