Plantão de Notícias

Homem apanha em “Buteco” destrói equipamentos no PS e acaba detido pela GCM em Birigui

Imagem ilustrativa

Da redação Diego Alves

Um homem de 40 anos foi detido e encaminhado até a delegacia central de Birigui, após quebrar vários objetos no pronto socorro municipal na mnaha deste sábado (21). O homem que relatou ter apanhado de um desconhecido após consumir bebidas e drogas em um bar, foi socorrido e durante o atendimento quebrou diversos equipamentos, segundo funcionários o indivíduo estava furioso.

Segundo o que foi apurado pela nossa reportagem, um GCM que faz a segurança na recepçãodo pronto socorro, o qual estava de plantão, relatou que o paciente identificado posteriormente pelas iniciais J.A de 40 anos, chegou para atendimento por volta das 06h00 através de uma unidade do resgate do corpo de Bombeiros, ainda segundo o GCM, apresentando diversos ferimentos pelo corpo, e ao ser atendido pela recepcionista, o mesmo demonstrou-se nervoso dando um tapa no balcão de atendimento.

Durante o atendimento, ao ser encaminhado a sala de sutura, ele acabou esmurrando um armário de vidro, no qual os medicamentos e equipamentos de sutura ficam armazenados e, por este motivo, a vidraça do armário ficou danificada. Além do armário, o indivíduo acabou quebrando uma maca hospitalar após tê-la jogado contra a parede. Diante da furia do indivíduo, foi necessário o uso de algemas para garantir a integridade física da equipe médica bem como a do indivíduo que se encontrava descontrolado e bastante perturbado. Questionado sobre as lesões, disse que segundo ele, o mesmo “teria sido agredido por um indivíduo desconhecido momentos antes de ser levado aquele Pronto Socorro Municipal, em razão de uma divida de drogas”.

Diante dos fatos, deram voz de prisão em flagrante ao indivíduo, pelo crime de dano ao patrimônio público bem como conduziram-no até ao distrito policial para serem tomadas as devidas providências de polícia judiciária.

Bebedeira e drogas

Já no distrito policial, o acusado disse que estava bebendo cerveja e usando cocaína em um bar com um amigo, onde acabou criando uma confusão e respectivamente foi agredido fisicamente por um indivíduo desconhecido, aonde houve lesões na região do rosto (nariz) e costas. Diante destas lesões, foi socorrido ao Pronto Socorro de Birigui por uma unidade do resgate. No interior da sala de atendimento, acabou se irritando, motivo pelo qual danificou alguns equipamentos no local. Em seguida, foi algemado por um guarda municipal que o manteve no local até a chegada da viatura. Mesmo após o quebra-quebra, em razão dos ferimentos foi atendido pelo médico, porém, se negou ser suturado na região do nariz.

Fiança

Questionado pelas características do indivíduo que o agrediu, declarou que não se recorda. Por fim, declarou que foi cientificado sobre a fiança criminal no valor de R$ 1.300,00 reais, porém, disse ao delegado que não possuía o valor para apresentá-lo. A perícia esteve pelo local para realizar os trabalhos e colher informações.

Mãe

No momento que o delegado responsável Guilherme Melchior Valera elaborava o boletim de ocorrência de dano ao patrimônio público a mãe do acusado apresentou o valor integral da fiança arbitrada de R$1.300,00 reais, e o acusado foi liberado mediante alvará de soltura, para responder o crime em liberdade.

Compartilhem, deixe seu Like 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by