Plantão de Notícias

Homem de 35 anos é preso acusado de violência doméstica e ameaçar a companheira com facão

Imagem ilustrativa

Da redação Diego Alves

Um homem de 35 anos foi preso na noite desta quarta-feira (07), acusado de violência doméstica, lesão corporal e ameaça, contra a companheira dele, uma mulher de 46 anos. O fato aconteceu na Travessa Francisco Martins Marcos, no município de Bilac (SP).

Segundo o que foi apurado pela reportagem, a Polícia Militar recebeu um chamado sobre violência doméstica, onde uma mulher estaria sendo agredida pelo companheiro e ele estaria ameaçando ela e os vizinhos com um facão. Quando chegaram ao local, viram que o acusado havia fugido correndo, quando
notou a aproximação dos policiais e não foi possível abordá-lo naquele momento.

CERVEJA

Em contato com a vítima, ela relatou que havia saído com o companheiro para tomar cerveja e quando retornaram para casa, o acusado passou a agredi-la com chutes, aparentemente sem motivo algum, atingindo as pernas da vítima. Ela afirmou que não
havia sido agredida anteriormente e pensou em sair de casa para pedir ajuda para os vizinhos e fazer a agressão parar. Ela saiu e alguns vizinhos viram a situação e acionaram a polícia.

A mulher deu uma volta no quarteirão de casa e, foi seguida pelo companheiro. Quando retornaram para a frente da casa, ele passou a desferir socos contra ela, que atingiu sua face, causando inchaço e lesão. Os vizinhos teriam tentado intervir e neste momento, o homem foi para o interior da casa e se armou com um facão grande, com o qual passou a ameaçar os vizinhos e também a mulher, fato que apenas cessou com a chegada dos policiais militares.

Ainda segundo o que foi apurado, os policiais orientavam a mulher sobre como registrar o ocorrido, algo que teria durado aproximadamente 5 minutos e então o homem retornou para a casa e disse que “não havia acontecido nada”.

PRESO

Os policiais deram voz de prisão em flagrante delito e conduziram as partes ao plantão policial. O homem permaneceu preso a disposição da justiça. Já a mulher recebeu atendimento médico no Hospital de Bilac, porém, se recusou a ser medicada.

NEGOU

Durante o seu interrogatório, o homem afirmou que estava bebendo com a mulher, desde as 9h00 desta quarta-feira (07) e, que juntos tomaram “muita
cachaça” o dia todo. Quando voltaram para a casa, começou uma briga de casal. Segundo ele, a mulher começou a “agredi-lo verbalmente” e também lhe deu socos e chutes. Disse ainda que ela é muito forte, já que trabalhou na roça. Ele afirmou que se defendeu das agressões e acabou atingindo a companheira. Negou ter feito uso de facão para ameaçar qualquer pessoa. O facão apreendido é seu e afirmou usá-lo apenas para podar as árvores.

Compartilhem, deixe seu Like 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by