Plantão de Notícias

Homem é preso pela PM com veículo furtado em ocorrência de violência doméstica em Buritama

Fotos: Divulgação

Da redação Diego Alves

Um homem identificado pelas iniciais F.R.S.F, morador de Buritama (SP), foi preso nesta quinta-feira (11), acusado de receptação de veículo e adulteração de sinais identificadores veicular de VW/Jetta, de cor branca. Todos os sinais de identificação estavam adulterados, e foram notados por policiais militares durante um atendimento de ocorrência de violência doméstica. Diante de uma numeração abaixo do banco traseiro do veículo, os militares tiveram como retorno da consulta, se tratar de um veículo furtado em São Paulo em 2018.

Segundo o que foi apurado pelo site Birigui Notícias da Hora, durante patrulhamento, policiais militares foram acionados via copom para atendimento de ocorrência de violência doméstica pela rua General Glicério em Buritama (SP). Em contato com a solicitante, ela alegou que não havia sido agredida pelo companheiro, entretanto disse aos militares que gostaria que seu marido deixasse a residência.

Durante o atendimento da ocorrência, os militares notaram que na garagem descoberta da residência, bem próximo ao portão, havia um veículo VW/Jetta de cor branca, que ostentava placas de Brusque (SC), entretanto o lacre era do estado de São Paulo e apresentava sinais de violação. Ainda perante o tirocínio dos militares, foi observado que os demais sinais de identificação, placas, numeração dos vidros e chassi, estavam fora dos padrões do Detran e Fabricante.

Produto de furto

Diante desta suspeita, ao realizar uma busca mais detalhada, foi constatado que houve recobrimento da numeração original do chassi com massa, e sobre ela, realizado a remarcação adulterada, ou seja, todos os sinais de identificação do veículo foram adulterados para condizer com o emplacamento que o veículo ostentava. Mesmo diante de todas as adulterações, os militares localizaram uma numeração do chassi original em um local de difícil acesso, que fica sob o banco traseiro e ao realizar a consulta via copom, retornou o verdadeiro emplacamento do veículo, sendo produto de furto na data de 14/02/2018, em São Paulo, no município de Tabapuã (SP).

Compra

Indagado pela equipe, o indivíduo identificado pelas iniciais F.R.S.F, alegou que adquiriu o veículo em 2019, no município de Araçatuba (SP), onde teria dado como entrada uma GM/Capitiva no valor de R$45.000,00 mil reais, e o restante de R$17.000,00 mil reais pagou parcelado, contudo não apresentou nenhum tipo de documentação referente a compra, e tão pouco, soube informar de quem havia adquirido o veículo.

Preso

Diante dos fatos, o indivíduo recebeu voz de prisão pela equipe policial, sendo encaminhado até o distrito policial judiciário de Buritama (SP), onde a autoridade policial ratificou a prisão do acusado por receptação de veículo e adulteração de sinais identificadores de veículo automotor.

Compartilhem, deixe seu Like

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by