Plantão de Notícias

Santa Casa de Araçatuba pede que governador acelere liberação de custeio extraordinário à oncologia

Foto divulgação

Da redação Diego Alves

O governador Tarcísio de Freitas prometeu agilizar a tramitação do processo para liberação de R$ 8 milhões para custeio de medicamentos e insumos ao Serviço de Oncologia da Santa Casa de Araçatuba.

O plano de trabalho foi apresentado pela diretoria da instituição à Secretaria Estadual de Saúde em meados de novembro do ano passado e está em análise na Coordenadoria de Gestão Orçamentária e Financeira.

O compromisso do governador foi feito durante reunião realizada ontem (12/1) com a diretoria do UniSalesiano, os prefeitos de Araçatuba, Dilador Borges e Damasceno e o de Penápolis Caique Rossi, e autoridades convidadas dentre as quais o provedor Petrônio Pereira Lima e o secretário José Vitoriano de Andrade Filho.

Durante a reunião solicitada pelo diretor-geral do UniSALESIANO, instituição que mantém curso de graduação em Medicina, Petrônio Lima apresentou ao governador, o plano de trabalho que está tramitação e fundamentou a necessidade da liberação do custeio emergencial pelo crescimento da demanda oncológica no CTO ( Centro de Tratamento Oncológico).

O teto financeiro do CTO é para atendimento de 400 pacientes mensais. No entanto, durante 2022, a unidade registrou média mensal de 800 pacientes. Em novembro, o CTO registrou 1053 pacientes, número que prospecta que a demanda deve triplicar em relação ao teto contratado, já nos primeiros meses deste ano, considerando a média de 70 casos novos por mês que a unidade vem registrando.

“ O governador demonstrou estar sensível à essas dificuldades e reiterou, que a saúde é prioridade de seu governo”, informou o provedor, ao relatar que durante a reunião, Tarcísio de Freitas se comprometeu “ em ajudar a Santa Casa também junto ao governo federal, principalmente em relação à melhoria da remuneração que o SUS paga pelos atendimentos”.

Em sua fala aos prefeitos, vereadores e demais autoridades que participaram da entrega de veículos e equipamentos de resgate e salvamentos aos serviços municipais de Defesa Civil, o governador confirmou isso, ao reportar detalhes de seu encontro com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ocorrido segunda-feira (9/1) em Brasília.

“Levei ao novo presidente a necessidade de investir na saúde, atualizar a tabela do sus, atuar para recuperação das santas casas com perdão de dívidas ( federais) e no alongamento das dívidas bancárias, (pois) o maior credor das santas casas são os bancos públicos, como é ao caso da Caixa Econômica Federal”, anunciou Tarcísio de Freitas.
Historicamente, expressiva fatia do endividamento da Santa Casa de Araçatuba e de pagamentos que a instituição precisa fazer mensalmente, são decorrentes de empréstimos bancários efetuados e renovados ao longo dos anos. A amortização dos juros desses financiamentos e o alongamento dos valores principais dariam um novo folego ao hospital, que em 2022 manteve déficit mensal de R$ 2,5.

Para o governador, a retomada financeira dos hospitais filantrópicos “ vai ajudar a abrir mais leitos em um cenário que registra 9 mil fechados no Estado de São Paulo”. Tarcísio de Freitas também previu que “ se a gente investir no que já existe, poderemos atacar de frente nas filas de cirurgias e (realização) de exames e prestar um melhor serviços para a população”.

Ao citar o nome do provedor Petrônio Pereira Lima, dentre as autoridades presentes ao evento, o governador deu outra demonstração de reconhecimento em relação às dificuldades enfrentadas pelos hospitais filantrópicos.

“ Nós devemos muito aos provedores de santas casas por esse trabalho importante que realizam. A Santa Casa de Araçatuba, por exemplo, é a única referência de alta complexidade da região, então nós temos que cuidar das nossas santas casas”, afirmou o governador.

Ao definir a postura e discurso do novo governador, Petrônio Pereira Lima disse que “ a palavra é esperança e confiança nesse governo que está começando e que escolheu a Araçatuba como a primeira região a ser visitada oficialmente. Foi um reconhecimento de que temos muitas necessidades e ele demonstrou estar disposto em ajudar a resolver”.

O provedor da Santa Casa de Araçatuba também incluiu as escolhas do médico e ex-deputado Federal, Eleuses Vieira de Paiva para a Secretaria Estadual de Saúde , e do presidente da Fehosp, Edson Rogatti, como assessor técnico de gabinete, como “ um novo tempo para os hospitais pois ambos são competentes e conhecem em profundidade o funcionamento e as dificuldades das santas casas e hospitais filantrópicos”.

Compartilhem, deixe seu Like 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by