Plantão de Notícias

Secretarias apresentam projeto de acolhimento para crianças com necessidades especiais

Foto divulgação

Da redação Diego Alves

Representantes das secretarias municipais de Saúde e Educação apresentaram nesta quarta-feira (20/07) ao prefeito Leandro Maffeis um projeto que visa melhorar e ampliar o acolhimento de crianças com deficiências intelectuais, transtornos múltiplos e com dificuldade de aprendizagem.

A ideia é atender as crianças que já possuem laudo médico sobre sua condição e identificar as crianças com necessidades especiais que ainda precisam de um diagnóstico preciso, para que todas recebam atendimento especializado para reabilitação.

Atualmente, a rede municipal de ensino conta com 195 alunos que possuem laudos para algum tipo de deficiência, por exemplo, TEA (Transtorno do Espectro Autista), deficiência intelectual, visual, auditiva ou algum tipo de síndrome, assim como os acometidos por algum tipo de dificuldade de aprendizado que ainda não tiveram as condições diagnosticadas.

“Temos uma demanda percebida dentro das nossas escolas, cuja comprovação dos casos ocorrem nos nossos serviços de saúde, que precisa de atenção. Por isso, junto com nossa equipe, não vou medir esforços para buscar a concretização e efetivação desse importante projeto”, disse o prefeito Leandro Maffeis.

ATENDIMENTO MULTIDISCIPLINAR

Conforme a secretária de Saúde, Cássia Rita Santana Celestino, o projeto prevê a centralização dos atendimentos com equipe multidisciplinar. Atualmente, os serviços são prestados em diferentes espaços, influenciando na frequência dos pacientes.

O objetivo é buscar parcerias com universidades para implantação do projeto, que contará com profissionais das áreas de psicologia, fisioterapia, educação física, fonoaudiologia, terapia ocupacional, pedagogia e médico especialista. “Nossa intenção é a promoção da qualidade de vida para nossas crianças e de suas famílias”, pontuou Cássia.

Para a secretária de Educação, Iládia Cristina Marin Amadio, a implantação deste acolhimento trará ganhos para a educação, tendo em vista que um dos maiores déficits destas crianças está no aprendizado. “A sequência nos atendimentos especializados vai ofertar o suporte necessário para o desenvolvimento global das crianças”, completou.

Compartilhem, deixe seu Like

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by