Plantão de Notícias

Clínica Meu Pet de Araçatuba realizou mais de 500 atendimentos a cães e gatos em um mês

Foto divulgação

Da redação Diego Alves

Desde que foi inaugurada, dia 9 de março, a Clínica Meu Pet de Araçatuba, que é gerenciada pelo UniSALESIANO, realizou, em um mês, 522 atendimentos gratuitos a cães e gatos. São animais de pessoas ou famílias de baixa renda de Araçatuba, inseridas nos programas sociais e governamentais, também de toda a sociedade, e ONGs que têm procurado a unidade para agendar esses atendimentos.

Além das emergências e atendimentos ambulatoriais, foram registradas 32 internações e 35 cirurgias, no mesmo período.

A Diretora da Clínica Meu Pet, Profª. Tatiane Poló, que é docente e Diretora do Hospital Veterinário do UniSALESIANO, avalia o serviço como um ganho gigantesco para toda a sociedade, pois tem dado a chance de uma melhor qualidade de vida para muitos cães e gatos que estariam à beira da morte caso não fossem atendidos na Clínica.

“Muitos animais chegam em um estado que, se não tivesse um médico veterinário para atendê-los, dificilmente sobreviveriam. Conseguimos salvar muitos animais e também dar um atendimento especializado quando é necessário. Sem contar que nossos aprimorandos estão tendo acessos a casos bem diversos”, explicou.

Em relação aos óbitos, que representaram por volta de 5% do total de atendimentos, Tatiane ressaltou que uma das principais causas de morte foram as intoxicações medicamentosas, já que as pessoas medicam os animais por conta própria e com medicamentos para humanos num volume muito acima do que o animal teria que receber. “Já chegam na Clínica em estado avançado de intoxicação e não aguentam”, disse.

Além da intoxicação por medicamentos, há, na emergência, casos de fraturas por conta de atropelamentos e piometra, que é infecção do útero em cadelas.

PROGRAMA

A clínica faz parte de um programa do Governo do Estado de São Paulo e, no município, será mantida pela parceria entre a administração pública e o UniSALESIANO.

O programa oferece atendimento gratuito a cães e gatos, prioritariamente, de pessoas ou famílias de baixa renda, inseridas nos programas sociais e governamentais.

Estão sendo oferecidas consultas clínicas, castrações, atendimentos de urgência e emergência, cirurgias. Ela conta também com equipamentos para monitoramento e exames de imagem e laboratoriais.

O local possui, ainda, médicos veterinários que atendem nas especialidades de ortopedia, oncologia, cardiologia, diagnóstico por imagem, anestesiologista, patologia clínica e animal, clínico, oftalmologia e cirurgia geral.

fornecimento de serviços de qualidade para a comunidade, bem como oportunidades valiosas para os aprimorandos de Medicina Veterinária. “Essa iniciativa garante aos nossos aprimorandos uma oportunidade valiosa para aplicar seus conhecimentos em um ambiente clínico e oferecer um serviço muito necessário para a comunidade local”, completou.

HISTÓRIAS

Os tutores de animais que foram atendidos neste um mês de atendimento da Clínica Meu Pet, têm tido boas histórias para contar, regadas com palavras, como: surpresa, empatia, carinho, atenção, entre outras.

A dona de casa Mara Lígia só tem a agradecer a acolhida dos funcionários e o bom atendimento de sua gatinha. “Percebi que ela não estava respirando direito e levei na Clínica. Ela era uma gatinha de rua e foi atropelada. Na clínica, foi tratada com dignidade por pessoas excelentes e amorosas”, contou.

O cachorrinho Tinoco foi salvo graças à ajuda da agente de serviço escolar aposentada, Eli Maria, que o socorreu em uma estrada de terra, muito machucado e o levou até a Clínica. “Procuramos ajuda antes, mas não obtivemos. Foi no Meu Pet que houve um acolhimento. Tinoco está melhorando e tanto ele quanto nós que o encaminhamos, estamos sendo bem atendidos”, disse Eli.

A médica veterinária, Josiane Pazzini, explicou que Tinoco chegou à Clínica com uma ferida muito extensa, altamente contaminada, sugestiva de picada de cobra ou aranha marrom. No local, o animal recebeu o atendimento inicial para controle da dor.

“Após a estabilização do mesmo, foi possível realizar a limpeza da ferida e avaliar a sua real dimensão. Em um primeiro momento, o tratamento consiste na descontaminação e redução da ferida. Em seguida, será feita uma cirurgia plástica reconstrutiva a fim de promover o fechamento da lesão com mais rapidez para que o animal possa retornar à sua rotina normal, em um menor período de tempo”, relatou a médica veterinária.

Por fim, diante de tantos atendimentos, a Diretora da Clínica Meu Pet, Tatiane Poló, pede à população que tenha calma e compaixão com o trabalho realizado. “Trata-se de um trabalho de excelência que merece ser visto com bons olhos por toda a população”, concluiu.

INFORMAÇÕES

Mais informações sobre o atendimento da Clínica Meu Pet estão no site – clinicameupet.simples.vet.br e também pelo WhatsApp (18) 98103-3281.

Compartilhem, deixe seu Like 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by