Plantão de Notícias

Em ação rápida Polícia Civil prende acusado de matar amigo a facadas em Buritama

Imagem ilustrativa

Da redação Diego Alves

Um homem de 47 ano foi preso na tarde desta última sexta-feira (06), acusado de matar um amigo a facadas em Buritama (SP). A prisão foi realizada em uma rápida ação dos policiais civis da cidade, após receber informações, a vítima foi localizada sem vida em sua residência e, o autor foi preso cerca de quase 2 quilômetros do local do homicídio, aonde ele acabou confessando o crime.

Segundo o que foi apurado pela reportagem, por volta das 16 horas, desta sexta-feira (06), Policiais Civis da Delegacia da Buritama receberam informações dando conta de uma pessoa morta, dentro de uma residência na cidade, imediatamente a equipe se deslocaram até o local dos fatos.

No local, uma residência, a equipe confirmaram a veracidade da informação quanto a morte de um homem e, após receberem informações quanto ao paradeiro do autor, identificado posteriormente pela inical (L), pessoa que morava com a vítima, a equipe iniciou rapidamente às buscas nas imediações do local dos fatos, com vistas em localizar o autor.

Confessou

Durante a rápida ação da equipe, através das diligências investigativas, os policiais civis lograram êxito em surpreender o acusado nas proximidades do local dos fatos. Detido e questionado pela equipe, ele confessou haver acabado de esfaquear o amigo após uma discussão com a vítima devido ele não o deixar “Fritar Peixe” na residência.

O acusado que tem 47 anos foi encontrado pelos policiais civis há aproximadamente 1,8 quilômetros do local dos fatos, e após confessar o crime, foi imediatamente conduzido à presença do delegado de polícia de Buritama. Segundo as investigações colhidas no local, deram conta de que a vítima convivia há algumas semanas com a vítima que tinha 35 anos, no mesmo imóvel em que ocorreu o crime.

Diante dos fatos o acusado recebeu voz de prisão, já na delegacia de Buritama, em seu interrogatório, confessou a prática dos fatos e, ainda, confirmou o motivo banal pelo qual esfaqueou a vítima com uma faca de cortar peixe. A vítima teve uma lesão na região peitoral, que foi provocada pela faca que era pertencente à própria vítima.

Homicídio qualificado

Após ser ouvido pelo delegado de polícia judiciária, o acusado foi autuado em flagrante por Homicídio qualificado por motivo fútil, tendo, na oportunidade, o delegado de polícia representado por sua prisão preventiva e pela instauração de incidente de insanidade mental em face da dúvida sobre a integridade mental do acusado.

Custódia

Durante a audiência de custódia, realizada nesta sexta-feira (06), a prisão em flagrante do acusado foi convertida em prisão preventiva, permanecendo preso a disposição da justiça.

IML

O corpo da vítima de 35 anos, foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal), aonde passaria por exame necroscópico antes de ser liberado para familiares.

Compartilhem, deixe seu Like 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by