Plantão de Notícias

Homem de 45 anos é preso após agredir enteada e ameaçar enteado com machado em Birigui

Foto: Diego Alves/Birigui Notícias da Hora

Da redação Diego Alves

Um homem de 45 anos, foi preso pela PM, acusado de agredir a enteada e, ameaçar o enteado com um machado no Isabel Marin, em Birigui (SP). O acusado foi linchado por populares e precisou ser socorrido ao pronto-socorro antes de ser preso, por violência doméstica e lesão corporal.

Segundo o que foi apurado pela reportagem, os militares Soldado Gallo e Cabo Renner, realizavam patrulhamento preventivo neste sábado (20), quando por volta de 14h00min, receberam um chamado via copom, de que um indivíduo estaria descontrolado pela rua Manoel Lourenço Batista, no bairro Isabel Marin, agredindo familiares e os ameaçando com o uso de um machado.

Segundo os militares, ao se aproximarem do local, que fica próximo de uma horta, foi possível ver que o acusado posteriormente identificado como R.A.D de 45 anos, estava com a camiseta ensaguentada e jogou algum objeto por cima do alambrado da horta. Pelo local, haviam diversas pessoas dispersas pela rua no momento da chegada da equipe, sendo que muitas delas se evadiram. Em contato com as partes, a enteada do acusado de 25 anos, relatou que ele é companheiro de sua mãe, e segundo ela faz uso constante de bebidas alcoólicas e drogas, e já a havia sido agredida em ocasiões passadas, sendo ele até mesmo preso, e com medo, ela teria solicitado medidas protetivas de urgência contra ele.

Ainda segundo a vítima, neste sábado (20), o acusado teria chegado em casa embriagado e agressivo e, em um primeiro momento, a ofendeu com diversas palavras de baixo calão e tentou iniciar uma briga, porém, ela não quis brigar e o ignorou. Ele então passou a ofender o irmão da vítima, e quando ele foi para os fundos da casa buscar um machado para agredir o irmão, a vítima tentou intervir e, neste momento, o acusado a agrediu com um soco na boca, que causou lesões, vez que ela faz uso de aparelho nos dentes, em seguida lhe deu uma cotovelada em seu seio.

Populares

Descontrolado, o acusado chegou a sair correndo com o machado na mão atrás do irmao da vítima, momento então que os populares o perseguiram e o agrediram fisicamente para impedir que ele atacasse o enteado. Com as agressões, o acusado sofreu lesões no braços, pernas, dedo mínimo do pé esquerdo e atrás da orelha do lado direito. Com medo, o irmão deixou o local antes da chegada dos policiais e teria ido para a cidade de Glicério (SP), ficar na casa de familiares, vez que temia ser agredido pelo acusado e não chegou a ser ouvido pelas autoridades.

Socorrido

Em contato com o acusado, os militares notaram que o mesmo aparentava sinais de embriaguez, mas não reagiu à abordagem. Ele foi socorrido ao Pronto Socorro Municipal, onde recebeu os socorros de urgência e levou pontos no machucado atrás da orelha. O objeto que havia sido jogado por ele, era o referido machado e foi localizado e exibido para apreensão. Após atendimento médico, o acusado foi conduzido com as partes até o distrito policial judiciário central de Birigui (SP).

Negou

Já na delegacia, o acusado alegou que: “Sobre as lesões que apresenta em seu corpo, afirmou que foi agredido fisicamente pelo seu enteado e por um amigo dele que não sabe o nome. Disse também que havia ingerido de duas a três doses de cachaça antes de voltar para a casa. Negou ter agredido fisicamente a sua enteada, e não sabe dizer porque ela estava machucada. Ainda segundo ele, brigou com o enteado e levou a pior, vez que estava lesionado atrás de sua orelha direita e no seu pé esquerdo. Ainda segundo ele, disse não ter praticado crime algum e estava sendo preso injustamente.” Após dar sua versão, ele se negou a assinar todo e qualquer documento que lhe foi apresentado sobre os fatos, inclusive seu interrogatório e nota de culpa, sendo elaborada certidão neste sentido.

Preso

A Autoridade Policial que presidiu a ocorrência, diante dos fatos e após oitivas das partes, ratificou a voz de prisão anteriormente dada pela PM, considerando que o acusado foi surpreendido logo após ter agredido fisicamente sua enteada e causado lesões corporais em sua boca com um soco. Foi elaborado boletim de ocorrência de lesão corporal contra mulher em situação de violência doméstica, permanecendo preso a disposição da justiça.

Compartilhem, deixe seu Like

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by