Plantão de Notícias

Jovem tenta matar homem a facadas, em seguida invade hospital para “Terminar o Serviço”

Da redação Diego Alves

Um jovem de 23 anos foi preso na manhã deste domingo (19), em Bilac (SP), acusado de tentar matar um homem de 33 anos a facadas. Durante a madrugada o acusado deferiu algumas facadas contra a vítima, que foi socorrida até a Santa Casa de Bilac. Durante o atendimento á vítima, o acusado foi até o hospital e disse que iria ” Terminar o serviço”, enfurecido novamente ele desferiu diversas facadas, sendo preso pela PM e, a vítima socorrida em estado grave para a Santa Casa de Araçatuba (SP).

Segundo informações apuradas pela nossa reportagem, os policiais militares Cabo Martins e Cabo Garcia, em patrulhamento, receberam a informação que durante a madrugada um indivíduo havia sido atingido por facadas em via pública e, foi socorrido para a Santa Casa de Bilac por populares. Quando a vítima estava no hospital, recebendo os primeiros socorros da equipe médica, o local foi invadido por L.V.A.S de 33 anos, que estava com uma faca e disse que iria “terminar o serviço”.

Ainda com o que foi apurado, no momento que o acusado chegou ao hospital, os profissionais de saúde tentaram impedir a ação, porém, ele conseguiu desferir novas facadas na vítima, até o momento em que a lâmina da faca se quebrou e ele se evadiu do local. Em razão das novas facadas, as quais ainda não foi possível precisar a quantidade, a vítima de 23 anos, ficou em estado grave e foi transferida para a Santa Casa de Araçatuba (SP), onde está neste momento sob risco de morte.

Pelo hospital, aonde aconteceu o crime, havia muito sangue espalhado no local, segundo os militares, os profissionais de saúde ficaram muito abalados, sendo que não tiveram condições de comparecer ao plantão policial, e serão posteriormente ouvidos sobre os fatos já na delegacia de Bilac. Durante o atendimento, os policiais receberam a informação que o suspeito estaria próximo da base da polícia militar. Rapidamente foram ao local, onde lograram êxito em detê-lo e algemá-lo, para manter a integridade dele e da guarnição, e para preservar a integridade física dos policiais e do acusado.

Questionado pela equipe policial, o acusado disse que havia “matado o “RELO” ( apelido da vítima)” e que isso era uma “briga antiga dos dois”, não tendo dado qualquer outro detalhe sobre sua motivação para a prática do crime. Diante dos fatos, foi dada a voz de prisão em flagrante delito ao acusado, e apresentado no plantão policial de Birigui. Foi acionado o comparecimento de equipe da perícia do Instituto de Criminalística para o local dos fatos, aonde eles recolheram o cabo da faca que ficou pelo local. A lâmina foi localizada dentro de um cesto de lixo.

Confessou

Diante do delegado DR° Eduardo Lima de Paula, “o acusado afirmou que tinha uma briga antiga com a vítima e que em ocasiões passadas, já havia sido agredido fisicamente por ele e seus amigos, sendo que a vez mais recente ocorreu a cerca de dois ou três meses atrás, quando ele e os amigos o teriam agredido e roubado e o deixaram lesionado em uma rua da cidade, porém, não chegou a registrar boletim de ocorrência sobre este fato. Ainda segundo ele, na madrugada de hoje (19), estavam na festa de carnaval que ocorria no recinto de exposições de Bilac, sendo que ele já havia consumido álcool. Em dado momento, a vítima e seus amigos passaram pelo local onde o ele estava, sendo que um deles passou a dizer que ele estaria “encarando” a namorada dele, uma moça com quem ele já teria ficado muitos anos antes. Neste momento segundo ele, vieram para cima dele, e que teve que tentar se defender.

Terminar o serviço

Por fim, disse ainda que encontrou uma faca no lado de fora do recinto e com ela atingiu a vítima. Após os fatos, o acusado disse que ficou sabendo que a vítima foi para o hospital de Bilac, momento que ele foi até lá para “terminar o serviço”. Referente aos funcionários do hospital, ele negou ter tentado atingir qualquer outra pessoa que estivesse lá, populares ou profissionais de saúde, afirmando que queria apenas dar facadas na vítima.

Durante o crime, os dois rolaram pelo chão e o acusado disse não saber dizer quantas facadas deu na vítima. Em dado momento a lâmina da faca quebrou do cabo e o acusado pegou a lâmina com a mão, onde acabou cortando sua mão também. Após as facadas, saiu andando do hospital até a base da polícia militar em Bilac (SP), onde segundo ele foi para se entregar.”

Preso

A vítima não foi ouvida por se encontrar em estado grave ao hospital de Araçatuba e será ouvida em outro momento. Diante dos fatos, o delegado ratificou a prisão do acusado por tentativa de homicídio, sendo de forma, à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa da vítima e, por motivo fútil. Aonde ele permaneceu preso a disposição da justiça.

Compartilhem, deixe seu Like 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by