Plantão de Notícias

Submarino de turismo com custo milionário para ver destroços do Titanic desaparece no Atlântico

Foto: OceanGate Expeditions

Da redação Diego Alves

Um submarino que costuma transportar turistas para ver os restos do Titanic desapareceu no oceano Atlântico, na costa leste dos Estados Unidos. Para a BBC, a Guarda Costeira de Boston disse na manhã desta segunda-feira, 19, que uma operação de busca e resgate estava em andamento na costa de Newfoundland.

Até agora, não se sabe quantas pessoas estavam a bordo. O submersível que desapareceu é o Titan, da empresa privada de turismo OceanGate Expeditions, que coloca submersíveis para expedições em alto mar.

A empresa disse à BBC que “está explorando todas as opções para trazer a tripulação de volta com segurança”.”Todo o nosso foco está nos tripulantes do submersível e suas famílias “, complementou.

O submersível Titan geralmente carrega um piloto, três clientes e um funcionário que a empresa chama de “especialista em conteúdo”.

O Titan tem 96 horas de suporte de vida disponível para uma tripulação de cinco pessoas. Até o momento, as autoridades não informaram em que momento o contato com a nave foi perdido.

O Centro Conjunto de Coordenação de Resgate em Halifax, na Nova Escócia, disse que uma aeronave militar canadense e um navio da Guarda Costeira canadense estão auxiliando no esforço de busca, que está sendo liderado pela Guarda Costeira dos EUA.

Pequenos submersíveis costumam levar turistas para ver de perto os destroços do Titanic, que está a cerca de 3,8 mil metros abaixo da superfície do oceano. Esse tipo de embarcação pode acomodar até cinco pessoas, segundo a OceanGate. Um mergulho completo até o naufrágio, incluindo a descida e a subida, leva oito horas e pode custar até US$ 250 mil (R$ 1,2 milhão, aproximadamente).

O site da empresa traça um roteiro de oito dias para a viagem, partindo da cidade de St. John’s, no Canadá, até o local da Naufrágio do Titanic. O site também descreve um grau de treinamento para os clientes da empresa, dizendo que eles recebem “uma orientação da embarcação e instruções de segurança” e estão familiarizados com “os procedimentos de segurança da embarcação”.

A empresa disse que os clientes não exigem nenhuma experiência anterior de mergulho, mas que existem alguns requisitos físicos, como poder embarcar em pequenos barcos em mares ativos. 

Fonte: AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Compartilhem, deixe seu Like 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by