Plantão de Notícias

Exclusivo: Homem apontado como autor do duplo homicídio em Birigui, é preso no Paraguai

Foto: Divulgação

Da redação Diego Alves

Washington Elias Relíquias de Souza Sarmento, de 29 anos, apontado como principal acusado de matar o casal Jimmy Pereira da Silva, 21 anos, e Caroline Batista Froes, 22 anos, que foram encontradas mortos no bairro Parque das Nações, em Birigui (SP), foi preso nesta sexta-feira, 01 de dezembro, em Pedro Juan Caballero, cidade que faz divisa com Ponta Porã (MS), na fronteira entre o Brasil e o Paraguai.

Segundo o relato de Washington à irmã, ele esfaqueou um dos indivíduos, deixando-o na residência. A polícia militar através dos Militares Cabo Doná e Sargento Boni, ao chegar no local, se depararam com os corpos nus, um ao lado do outro, enrolados em um lençol, e com cortes profundos no pescoço.

A companheira de Washington, uma mulher identificada pelas iniciais K.S.F, 24 anos, foi presa nesta ultima segunda-feira, 27 de Novembro, acusada de participação no duplo homicídio que ocorreu no último dia 23, em Birigui. Washington, companheiro dela, estava foragido, e investigações apontavam que ele estaria no Paraguai.

INVESTIGAÇÕES

O delegado de polícia Eduardo de Paula e sua equipe de investigadores da Polícia Civil de Birigui, iniciaram as investigações, em busca de reunir elementos preliminares de autoria do crime.

Segundo a Polícia Civil, o casal que residia no imóvel havia desaparecido e a pessoa responsável por comunicar o crime à polícia era a irmã do suspeito, que teria afirmado que ele havia entrado em contato para pedir dinheiro para fugir.

Na sexta-feira, 24 de novembro, foi protocolado pedido de prisão temporária dos moradores do local do crime e, as prisões foram decretadas na tarde de segunda-feira, 27 de novembro. Imediatamente foi dado cumprimento ao mandado de prisão expedido contra K.S.F, 24 anos, companheira do também investigado, Washington Elias Relíquias de Souza Sarmento, de 29 anos, o qual ainda permanecia foragido.

NEGOU

Ainda segundo a Polícia Civil, a mulher negou ter sido autora das facadas nas vítimas ou ter de alguma forma colaborado com a ocultação dos corpos. Ela disse ainda ter aceitado fugir com seu companheiro por ter ficado em estado de choque após os fatos.

FUGA

O crime teria ocorrido no amanhecer do dia 22 e, eles teriam saído de Birigui ainda naquele dia. Quando seu companheiro pediu a ajuda de familiares, já estariam na cidade de Ponta Porã (MS), e de lá chegaram a ir para o Paraguai. Na ultima sexta-feira, 24 de novembro, ela teria decidido abandoná-lo e voltar para Birigui, tendo conseguido chegar apenas na manhã de segunda-feira (27/11).

EXTRADIÇÃO

Segundo foi apurado pela nossa reportagem, as autoridades estão neste momento tentando ajustar a extradição de Washington Elias Relíquias de Souza Sarmento, de 29 anos, para o Brasil, para que possam dar andamento às investigações e finalizar o inquérito policial que foi instaurado pelo delegado Eduardo de Paula da delegacia central de polícia judiciária de Birigui (SP).

Compartilhem, deixe seu Like

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by