Plantão de Notícias

GCM prende dois criminosos e recupera parte dos objetos furtados no centro de Birigui

Fotos cedidas para a nossa reportagem.

Da redação Diego Alves

Dois homens de 31 e 34 anos, foram presos no início da madrugada desta terça-feira (23), em Birigui (SP), acusados de furtar uma loja de produtos coutry pela rua Saudades, na região central. Outros indivíduos também foram detidos com objetos da loja. Os acusados arrebentaram o vidraça da loja e furtaram diversos objetos.

Segundo o que foi apurado pela nossa reportagem, por volta das 02h40min desta terça-feira (23), a base da Guarda Municipal recebeu um chamado, informando que havia ocorrido um furto numa loja country na Rua saudades, na região central de Birigui (SP), e segundo o denunciante, um dos indivíduos que participou do furto estaria pela Rua Nove de Julho, e estava seguindo a sentido ao antigo terminal rodoviário carregando alguns objetos furtados.

Diante das informações, rapidamente uma equipe da Guarda Civil Municipal, foram até o terminal rodoviário, porém não localizaram nenhum indivíduo com objetos na mão. Em ato contínuo, os Guardas se deslocaram até a Rua São Paulo e neste momento avistaram um indivíduo segurando uma caixa, onde foi constatado posteriormente se tratar de vários objetos furtados, (berrante, lanterna, faca, esmerilhadeira, dois pacotes de fios de cobre fechados e um pacote aberto).

No momento que o indivíduo viu a equipe, soltou a caixa e correu pela Rua São Paulo sentido bairro. Neste momento os guardas desembarcaram da viatura e iniciaram um breve acompanhamento ao acusado. Na fuga, o acusado adentrou em um córrego, pulando em meio ao matagal e continuou correndo sentido a Rua XV de Novembro. Pela Rua XV de Novembro, o indivíduo entrou em uma casa abandonada e lá, um dos GCMs o alcançou, porém, o indivíduo conseguiu fugir pela Rua Tamoio, entrando em outra casa abandonada, onde foi realizado o cerco e foi detido com apoio de outra guarnição, sendo necessário uso de força progressiva para que e ele não empreendesse fuga novamente e também porque ele tentou agredir a guarnição.

Indagado pela equipe, o indivíduo negou a participação no furto da loja; Em seguida, os guardas retornaram até a loja que teve os objetos subtraídos. Ao chegarem no local, a equipe notaram que a loja estava com o vidro da vitrine estourado e havia uma placa de “zona azul” no chão aparentemente usada para estourar o vidro. No interior da loja não havia ninguém. A vítima, proprietário da loja, compareceu no local, vistoriou a loja e viu que havia vários produtos faltando na vitrine, porém, não soube precisar a quantidade de tudo que foi subtraído.

No local dos fato, havia outras viaturas da polícia militar com mais quatro indivíduos, onde dois deles estavam usando bonés da loja, na posse de um berrante e estava com um saco contendo dois cintos, um boné, uma capa de celular, uma fivela e um pacote de mate para tereré. Os indivíduos estavam na Vila bandeirantes quando foram abordados usando os bonés e eles disseram que conseguiram os objetos furtados em troca de “um trago” de crack, com um indivíduo conhecido pelo apelido de vulgo “Neguinho”, mas não souberam dizer o nome completo e nem onde morava.

Câmeras de monitoramento

A vítima conseguiu imagens das câmeras de segurança, sendo apresentadas na delegacia, e pelas imagens um indivíduo quebrou a vitrine e conseguiu subtrair apenas o que estava na vitrine, pois segundo a vítima da vitrine não tem como ter acesso a loja. O indivíduo que aparece nas imagens vestia short jeans, camiseta cinza, tênis azul e meias brancas. Pelas imagens, é possível identificar V.C.S.J de 31 anos como autor do furto à loja e seu comparsa H.S.N de 34 anos. Indagados sobre os fatos, preferiram permanecer em silêncio e só se pronunciar em juízo.

Presos

Diante dos fatos, o delegado ratificou a prisão do dois acusados, permanecendo ambos a disposição da justiça. Os outros indivíduos foram ouvidos e liberados.

Compartilhem, deixe seu Like 👍

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by