Plantão de Notícias

Mulher é detida pela PM Ambiental e multada em R$3 mil após agredir cadela com mangueira

Foto divulgação

Da redação Diego Alves

Uma mulher moradora de Alto Alegre (SP), que não teve sua identidade divulgada, foi detida pela Polícia Militar Ambiental, após os militares receberem uma denúncia e um vídeo, da acusada agredindo a cadela com um pedaço de mangueira. Após ser indagada pela equipe, ela confessou e disse que estava apenas dando um corretivo no animal. Ela foi autuada em R$3 mil reais.

Durante o patrulhamento ambiental, no transcorrer da “Operação Impacto” com vistas a denuncia que tratava-se de maus tratos, a equipe deslocou-se a até o município de Alto Alegre (SP), onde fizeram contato com a moradora, que franqueou a entrada da Polícia Ambiental juntamente com a Polícia Civil e o veterinário da Zoonoses do município para fiscalização e constatação, sendo que foi disponibilizado um vídeo a guarnição de data anterior, onde demonstrava a moradora espancando o animal com uma mangueira de água e estando amarrado com um fio de arame.

Indagada sobre o ocorrido informou que o cachorro havia arrancado sua roupa do varal e resolveu dar um corretivo nele. Em continuidade, os militares realizaram vistoria na residência onde havia muitas fezes no quintal e ao analisar o animal juntamente com o veterinário, constou em laudo de avaliação sanitária atestando maus tratos em uma cachorra com sinais de não amigabilidade com a dona, cicatrizes no corpo e com focinho inchado.

Marcas das agressões

Multa

Diante do ocorrido foi elaborado o auto de infração ambiental de multa simples no valor de R$ 3.000,00 (três mil reais) em desfavor da autora, por praticar maus tratos contra animais domesticados, incorrendo no artigo 29 da resolução Sima nº 05/2021.

Maus tratos

A mulher foi conduzida para delegacia do município, onde foi elaborado boletim de ocorrência com base no artigo 32 da lei federal 9605/98 (crime de maus tratos), pelo Delegado de Polícia Thales Eduardo e após as devidas providências, liberou a autora.

Abrigo

O animal foi apreendido e destinado ao abrigo de animais Primax-Plis no município de Penápolis (SP).

Compartilhem, deixe seu Like

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by