Plantão de Notícias

Dupla é detida pela PM por porte ilegal de arma de fogo após realizar cobrança em Buritama

Da redação Diego Alves

Dois homens foram detidos nesta quarta-feira (28), após serem flagrados por policiais militares de posse de uma pistola Taurus de calibre 9mm, municiada e pronta para uso. O flagrante aconteceu após a dupla ter ido a uma chácara realizar uma cobrança. Outro indivíduo que estava com a dupla foi ouvido como testemunha.

Segundo o que foi apurado pela nossa reportagem, policiais militares Cabo Montoro e Cabo Lucas, realizavam patrulhamento preventivo pela cidade de Buritama (SP), quando foram acionados via copom, para atender uma ocorrência de desinteligência em uma chácara em uma área rural, ainda segundo a solicitação, haviam indivíduos armados.

Vítima

Rapidamente os militares se deslocaram, onde avistaram um veículo Fiat/Strada de cor prata deixando o local, neste momento o solicitante, apontou ser os indivíduos que estariam armados, sendo que neste momento os militares retornaram e foram ao encalço do veículo. Ao perceberem que seriam abordados, o condutor aumentou repentinamente a velocidade, sendo então iniciado um acompanhamento. Já pela rua Sebastião Baptista dos Santos, no bairro Barcelona, foi dado ordem de parada, que foi obedecida pelo condutor.

Arma e Munições

Dentro do veículo haviam três indivíduos, onde um deles identificado pelas iniciais W.B.H, de pronto informou que estava armado. Em busca pessoal, foram localizados em sua cintura, uma pistola da marca Taurus modelo G2C, com numeração aparente, e municiada com 10 munições intactas e pronta para uso. No bolso do mesmo, também haviam um carregador com mais 6 munições intactas.

Esquentado

Indagado pela equipe, W.B.H disse aos militares que a arma de fogo era de propriedade de outro indivíduo que estava com ele no veículo, identificado pelas iniciais R.C.A, e estava com ele por que segundo ele, “o amigo era muito esquentado”, sendo apresentado pelo proprietário do armamento o registro da mesma em seu nome. Questionado o porque ele estaria armado naquela propriedade rural, informou que havia prestado serviço de venda de uma bomba d’água e o comprador estaria dando trabalho de pagar pelo serviço prestado, que foi até o local para receber ou retirar o produto.

Delegacia

Diante dos fatos, a dupla recebeu voz de prisão sendo ambos encaminhados até o distrito policial judiciário de Buritama (SP), juntamente com o armamento e munições. O delgado ao tomar conhecimento dos fatos, elaborou boletim de ocorrência de porte ilegal de arma de fogo.

Fiança

Foi arbitrada pela autoridade policial judiciária, uma fiança no valor de R2.640,00 reais, sendo o valor de R$1.320,00 para cada um. O valor foi apresentado pela dupla sendo liberados para responderem a princípio, em liberdade. O outro indivíduo que estava com a dupla foi ouvida como testemunha, o armamento e munições foram apreendidos.

Compartilhem, deixe seu Like

1
Olá !
Fale Conosco.
Powered by